Dia do estudante

Hoje, dia 11 de agosto, comemoramos o Dia do Estudante. Esta data celebra um direito básico de todos os cidadãos, e uma fase da vida onde nos dedicamos à busca do conhecimento, por meio do estudo constante. Uma boa educação forma uma sociedade sólida e com senso crítico apurado para solucionar crises, além de formar profissionais qualificados.

Mas, você sabe por que existe o Dia do Estudante? Sabe qual é a história por trás desta data? Tudo deu início em 11 de agosto de 1827, quando o Imperador D. Pedro I instituiu no Brasil os dois primeiros cursos de ensino superior do país nas áreas de Ciências Jurídicas e Ciências Sociais. Eles tiveram lugar nas faculdades de Direito de Olinda, em Pernambuco, e na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo.

Antes, o acesso aos cursos superiores era limitado às famílias com posses, que tinham de deixar o Brasil para estudar na Europa. A relação do Dia do Estudante com a criação dos cursos de Direito é marcada pela importância que as Ciências Jurídicas têm na história da educação do nosso país.

O perfil dos alunos de hoje é bem diferente das gerações passadas. Os estudantes do século XXI são conhecidos como nativos digitais. Inseridos em um mundo totalmente tecnológico, as crianças e jovens tem a tecnologia como parte fundamental do seu desenvolvimento cognitivo.

O aluno dessa nova geração considera a capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, além de uma postura ativa e autônoma para buscar informações. Dessa maneira, o processo de ensino-aprendizagem voltado apenas para a absorção de conhecimento prático abre espaço para o ensinar a pensar, a comunicar, a fazer sínteses e elaborações para a resolução de problemas.

Ser um estudante no século XXI significa ir além dos cenários educacionais meramente conteudistas. Aqui, no Guiness, trabalhamos com essa visão de nova escola, que oferece soluções educacionais efetivamente eficientes e que considera as tendências do mercado de trabalho e do mundo globalizado.

Por essa razão, nossa escola tem aderido às ferramentas tecnológicas com o objetivo de estimular os estudantes a desenvolverem determinadas capacidades e habilidades. Aliar ensino de qualidade à tecnologia educacional contribui para a formação de seres socialmente competentes, com o pensamento crítico, flexibilidade e responsabilidade. Essa é uma das premissas da Base Nacional Comum Curricular-BNCC, que considera a tecnologia como fator fundamental do processo de ensino.

“Estudar é abrir o caminho para o futuro muito melhor!!”

Eliezer Alves da Costa

Feliz dia do estudante!

Ivan Cesário

Diretor